Ouça ao vivo

Título

Artitsta


ALUGUEL DE IMÓVEL MOBILIADO. COMO FUNCIONA? (Presidente Helisson de Jesus Pelegrini gentil da Smartbens dar dica)

Escrito por em 15 de novembro de 2020

A locação de imóvel mobiliado chama atenção de quem busca uma nova moradia com mais praticidade. Afinal, poder entrar em um imóvel sem ter que se preocupar com a mobília representa um considerável atrativo. Porém embora tenha esses pontos positivos, será que realmente alugar um imóvel mobiliado e o melhor dos casos?

Como é o contrato de locação de imóvel mobiliado?

Esse contrato, não é muito diferente do padrão, porém tem suas especificidades. Um dos principais diferenciais em relação aos demais é o nível de detalhes que traz, já que o imóvel contém mobília.Portanto, além de relacionar as informações de praxe, como valor do aluguel, data de entrada e saída do imóvel, entre outras, registra também a disponibilização dos móveis.A descrição detalhada dessa mobília e do estado em que foi entregue vai ser relacionada entre as informações dos eletrodomésticos e utensílios. Cláusulas que determinam a divisão das responsabilidades entre proprietário e locatário também estão presentes nessa modalidade de contrato.Nesse caso, o dono do imóvel fica responsável pelos defeitos ou estragos anteriores ao fechamento, e o locatário assume os danos ocorridos depois da contratação.

O que acontece em caso de defeitos nos móveis ou eletrodomésticos?

Caso seja comprovado que o mau funcionamento teve origem antes do início da locação, a responsabilidade de consertar terá de ser assumida pelo locador. Caso seja comprovado que a quebra se deu pela utilização após a contratação, a responsabilidade é do inquilino.Vale, aqui, a cláusula de entregar os bens alugados no mesmo estado em que foram encontrados. Portanto, uma vistoria minuciosa deve se preceder o contrato, já que registrar as condições do imóvel e da sua mobília vai resguardar direitos do inquilino e do proprietário.

Quais as vantagens e desvantagens para proprietário e inquilino?

Vantagens do proprietário

Em casos de mudança de cidade ou país, por exemplo, o dono de um imóvel pode resolver deixar seu imóvel para alugar com já com a mobília. Isso resolve a questão de precisar se desfazer das peças, podendo significar ganho de tempo.

Desvantagens

A mobília desgastada pelo uso precisa ser substituída e essa conta acaba sendo paga pelo proprietário. Os possíveis defeitos nos aparelhos, quando decorrentes da intensa utilização por sucessivas locações, são mais despesas para o dono do imóvel arcar.

Vantagens do locador

Quem se muda para um mobiliado não precisa comprar móveis, o que significa mais economia e praticidade. Mesmo que o locador tenha mobília de sua residência anterior, transportar e adaptar as peças para o novo lar tende a ser bastante caro e trabalhoso.

Desvantagens

Ao encontrar tudo decorado ao mudar para um novo lar, é possível achar um pouco (ou nenhum) espaço para a personalização. Isso porque o estilo dos móveis e objetos alugados está definido, não permitindo grandes modificações.No caso de mobília pouco cuidada, problemas tendem a aparecer com a utilização. Aí, mesmo que o dono pague pelos consertos, os procedimentos para aprovar reparos e substituições podem virar incômodos.


Opinião do leitor

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *