Current track

Title

Artist


Lulu Santos adia turnê e aumenta lista de artistas que desmarcam shows por causa da pandemia em 2022

Written by on 11 de janeiro de 2022

Fonte: G1

Lulu Santos adiou nesta segunda-feira (10) shows que faria em janeiro e fevereiro em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador, por causa da piora da pandemia. Ele entra na lista de outros artistas que, mesmo sem proibição das autoridades, estão desmarcando apresentações por precaução.

Lulu Santos já tinha cancelado um show no Rio no dia 6 de janeiro após oito pessoas de sua equipe se contaminarem com Covid-19. Ele divulgou um vídeo sobre a decisão, em que diz:

“Mediante o recrudescimento vertiginoso das últimas duas semanas dos casos de infecção de Covid, e já com as emergências dos hospitais lotadas com pessoas com problemas respiratórios, a gente acha pouco sensato, na verdade, irresponsável , convidá-los para estarem num ambiente fechado, aglomerados onde todos, na melhor das hipóteses, cantam, dançam, batem palma, suam, e potencialmente infectam ou são infectados”.

Anita, Marina Sena, Djonga e a casa de shows Studio SP também cancelaram shows que aconteceriam em janeiro por causa da piora da pandemia da Covid-19 com a variante ômicron.

No final de 2021 havia uma euforia geral por ingressos. Agora, o cenário nacional ficou incerto, com shows adiados por precaução ou infecção de músicos.

Não se trata de um apagão de eventos como no início da pandemia em 2020. Há vários cantores com a agenda cheia, e a maioria dos estados e municípios ainda permite os eventos. Mas alguns shows já foram adiados por precaução, como Marina Sena, Anitta, Lulu Santos e os do Studio SP.

A maioria dos cancelamentos não ocorreu por prevenção, mas porque os próprios artistas ou membros de suas equipes já estavam contaminados: Gusttavo Lima, Simone e Simaria, Xamã, Duda Beat, Israel & Rodolffo e vários outros tiveram que ficar em casa.

Ao contrário do carnaval, que já foi cancelado em grande parte do Brasil, os shows seguem liberados na maior parte do país, com grandes eventos musicais ainda acontecendo.

Uma exceção é o Ceará, em que uma nova regra que restringe eventos em locais fechados a 250 pessoas e abertos a 500 pessoas já provocou cancelamentos.

Nesta segunda-feira (10), Pernambuco também anunciou restrições de 50% da lotação, com máximo de 3 mil pessoas em locais abertos e mil pessoas em locais fechados.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *