Current track

Title

Artist


Luan Santana cancela show e prefeitura pede retorno de cachê de R$ 350 mil

Written by on 27 de junho de 2022

Fonte: Uol

A prefeitura de Entre Rios, cidade localizada a cerca de 140 quilômetros de distância de Salvador, na Bahia, acusa o cantor Luan Santana de descumprir acordo firmado para apresentação no São João do Município, ao desmarcar show que deveria ter acontecido na quinta-feira (23). O cachê do artista para essa apresentação foi firmado em R$ 350 mil, conforme consta no Portal da Transparência da prefeitura.

Por meio do Instagram, a gestão municipal diz que a produção do sertanejo “apresentou justificativas que não convenceram a produção local, a qual buscou dialogar para encontrar uma solução que não prejudicasse ao enterriense, turistas e fã-clubes”.

A prefeitura também alega que Luan Santana fez uma série de exigências para se apresentar na cidade, todas prontamente acatadas pela organização, como, por exemplo, que ele abrisse as apresentações, a fim de que nenhum outro artista cantasse antes dele.

Em um áudio vazado nas redes sociais, o prefeito de Entre Rios, Manoelito Argolo Júnior, diz que cumpriu todas as exigências feitas por Luan Santana, o que incluiu o pagamento antecipado do valor de R$ 350 mil. Na gravação, Manoelito alega que o cantor agiu com “falta de respeito”, afirma se tratar de algo “inadmissível”, e que quer a devolução do valor pago “para não ter prejuízo” a todos os envolvidos no evento.

Na postagem realizada nas redes sociais, a prefeitura da cidade baiana afirma que acionará a Justiça a fim de tomar as medidas legais, como, por exemplo, a devolução do cachê.

“Não encontramos outro sentimento que não seja indignação com a falta de respeito com todos. Vale ressaltar que a prefeitura cumpriu com todas as exigências contratuais. Em tempo: a prefeitura municipal de Entre Rios, através do seu jurídico, tomará todas as medidas cabíveis”, diz o comunicado.

No portal da Transparência da prefeitura de Entre Rios consta que foi empenhado o valor de R$ 350 mil para a LS Music Produções Artísticas Eireli, por meio da qual contratou-se o show de Luan Santana, “através de empresário exclusivo para apresentação no dia 23 de junho de 2022, na Festa de São Jão” do município.

Assessoria alega falta de segurança

Em nota enviada a Splash, a assessoria de Luan Santana negou que o sertanejo tenha descumprido contrato e afirmou que, desde o primeiro contato feito pela prefeitura, a produção enviou um caderno com “as necessidades referentes à estrutura, som, luz e demais itens necessários” para a apresentação do cantor, mas, “infelizmente, no passar do tempo, fomos verificando que alguns itens não estavam sendo atendidos”.

“Flexibilizamos da melhor forma para não prejudicar a realização do evento, no entanto precisamos do mínimo de condições técnicas e de segurança para prosseguirmos, o que nos foi prometido”, continuou a assessoria, que diz ter encontrado falhas ao chegar no local para a montagem dos equipamentos do show, como, por exemplo, a ausência da mesa solicitada, além do fato de “os equipamentos de luz também não atendiam integralmente nosso rider e, boa parte dos equipamentos presentes, não estavam funcionando”.

A assessoria afirma que a estrutura não garantia a segurança dos trabalhadores envolvidos, pois faltava aterramento, o que provocou choque elétrico “em diversos profissionais”, sendo que um deles “precisou ser socorrido e hospitalizado”.

Por fim, a assessoria de Luan Santana negou que o cantor tenha imposto a condição de se apresentar antes das demais atrações da noite “tanto que o outro artista em questão já estava no palco quando foram constatados os problemas e eles optaram também por não se apresentar”.

“Conversamos com o prefeito e produção local, que tentaram reverter a situação para que nós apresentássemos, no entanto por segurança de toda nossa equipe e pelos problemas técnicos já relacionados, optamos por solicitar uma remarcação. Fomos impedidos de sair com nosso ônibus que teve sua passagem obstruída, só liberado após mais de duas horas”, completou.

Splash questionou a assessoria de Luan Santana se o artista já recebeu o pagamento de R$ 350 mil e, em caso de sim, se o valor será devolvido aos cofres públicos, mas ainda não obteve resposta. Em caso de retorno, esta matéria será atualizada.

Splash também procurou a prefeitura de Entre Rios para questionar sobre as alegações feitas pela produção de Luan Santana e aguarda resposta.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *