Current track

Title

Artist


Gusttavo Lima pede indenização por uso indevido de imagem

Written by on 17 de março de 2022

Fonte: Band

Uma empresa não autorizada passou a vender 258 produtos utilizando a imagem e a marca do cantor de maneira indevida, já que não havia nenhuma autorização prévia do artista.

Além do processo judicial envolvendo seu nome para negar a paternidade de uma menina de 16 anos, agora o Embaixador está envolvido em outro processo.

Desta vez, ele está processando uma empresa que fez o uso indevido de sua imagem na comercialização de cerca de 258 produtos que levavam seu nome, foto e marca.

O processo já corre há alguns meses e em Fevereiro desse ano de 2022 entre os dias 10 e 11, o site que faz o comércio desses produtos foi notificado extrajudicialmente com uma ordem de cessar em 24 horas toda a execução, produção e comercialização dos produtos com a imagem e marca do cantor.

Porém, isso não aconteceu e a empresa continuou produzindo e vendendo os produtos.

Sendo assim, os representantes do artista decidiram entrar com medidas mais rigorosas, e tiveram um resultado favorável, já que o juiz responsável pelo caso determinou novamente a paralização imediata da produção e comercialização dos produtos sob a pena de pagar diariamente R$1.000,00 caso houvesse o descumprimento da ordem.

Além da autorização de uma busca e apreensão de todos os produtos que já foram fabricado sem a autorização do cantor.

Ele ainda cobra uma indenização pelo uso indevido de sua imagem de R$10 mil. Recentemente algo parecido já havia acontecido, quando Gusttavo Lima processou uma marca de chapéus pelo mesmo motivo e venceu.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *