Ouça ao vivo

Título

Artitsta


Gusttavo Lima é acusado de plágio por mais um compositor

Escrito por em 18 de fevereiro de 2021

Fonte: Istoé Gente

Subiu para dois o número de compositores que acusam Gusttavo Lima de plágio. Depois do processo movido por André Luiz Gonçalves da Silva, o De Lucca, pela totalidade dos direitos autorais da música ‘Fora do Comum’, o compositor Fábio Basílio de Freitas, de Uberlândia, mais conhecido como Fabinho Basílio, garante ser o autor de ‘Saudade Sua’, que segundo ele, foi intitulada originalmente como ‘Fundo do Poço’. Fábio diz que já entrou na Justiça contra o sertanejo.

“Eu fiz uma música, entreguei para o Gusttavo Lima e ele tem uma equipe de compositores de muita estratégia, que acabaram catando a canção e manipulando. Isso foi em 2018. Ele não falou nada e eu acabei esquecendo da história. Um tempo depois, ele mesmo me ligou perguntando se eu queria vender a música. Me ofereceu primeiro $ 100 mil e eu disse para ele esperar um pouco porque eu tinha oferecido para outras pessoas. Ele me ofereceu R$ 200 mil , mas pedi só mais um tempinho. No dia 14 de maio de 2020, ele lançou a música. Ele fez o plágio e registrou no nome do irmão dele, o Luciano, e de mais três pessoas”, contou Basílio com exclusividade para a coluna.

O compositor conhece Gusttavo Lima desde o lançamento do primeiro CD do sertanejo, ‘O Inventor dos Amores’, em 2010. Ele conta que está na estrada entregando músicas há 22 anos para cantores como Jorge & Mateus, Marcos & Belutti, Chitãozinho & Xororó, Roupa Nova, Rio Negro & Solimões, entre outros artistas, e sempre encontrou Gusttavo em shows e festivais sertanejos. Fábio afirma que, além de ter a composição registrada, ainda possui provas que comprovam algumas alterações em ‘Saudade Sua’. Todas anexadas ao processo. “Ele canta a música de ré e para ele ficar na ideia, o que ele fez foi manipular a letra, mudar algumas palavras e ficou como a minha música ao contrário para não parecer um plágio, mas quem entende de composição, percebe”, garantiu.

De acordo com o advogado de Basílio, Edson Sales Feliciano, o processo corre em segredo de Justiça e a coluna teve acesso à inicial. A ação pede o pagamento de danos materiais e de lucros cessantes no valor de R$ 55 milhões e por danos morais, o valor não inferior a R$ 25 milhões, levando-se em consideração o potencial econômico dos requeridos.

A coluna procurou a assessoria de Gusttavo Lima, que informou o seguinte, de acordo com os advogados do cantor. “Não vamos pronunciar antes de sermos oficialmente citados desta ação”.


Opinião do leitor

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *